WaterAid vai melhorar o acesso à água, ao saneamento e à higiene nas comunidades rurais de Cuamba e Mecanhelas

on
10 July 2019
WaterAid melhora acesso à ASH em Niassa WaterAid/Arão Valoi

A WaterAid Moçambique vai continuar a trabalhar para melhorar o acesso à Água, ao Saneamento e à Higiene (ASH) para as comunidades rurais da Província de Niassa, norte de Moçambique, fruto de um projecto intitulado “UkaidMatch”, em implementação nos distritos de Cuamba e Mecanhelas.

Com efeito, um total de dez sistemas de abastecimento de água, dez furos de água com bombas manuais, seis blocos sanitários, dos quais dois para centros de saúde e quatro para escolas, serão construídos e reabilitados nos dois distritos, beneficiando um total de 59 mil pessoas (33 mil mulheres e 26 mil homens) de 12 comunidades.

Orçado em cerca de 2,4 milhões de libras, o equivalente a cerca de 200 milhões de Meticais, o projecto, a ser implementado num período de três anos, pretende aumentar o acesso equitativo e sustentável dos serviços de ASH nos distritos de Cuamba e Mecanhelas através de quatro componentes de intervenção:

1. Construção ou reabilitação de infraestruturas de abastecimento de água e saneamento e vai beneficiar comunidades, escolas e centros de saúde observando os padrões de qualidade estabelecidos pelo Governo de Moçambique.

2. Promoção de comportamentos saudáveis de higiene nas comunidades, escolas e centros de saúde onde, em coordenação com o sector de saúde a nível nacional, provincial e distrital, serão desenhados materiais de promoção de mudança de comportamento de higiene baseados num estudo realizado sobre barreiras para mudança de comportamento. Os materiais serão usados em sessões de treinamento e campanhas nas comunidades, centros de saúde, escolas, mercados e outros locais de maior concentração da população, onde serão estabelecido pontos de contacto com as populações.

3.Desenvolvimento de acções de empoderamento das Organizações da Sociedade Civil e comunidades locais sobre direitos à ASH através de treinamentos, debates públicos, disseminação de politicas e promoção de plataformas distritais que envolvem intervenientes no sector ASH.

4.Fortalecimento da advocacia, planificação e coordenação no sector de ASH a nível distrital, através do estabelecimento de fóruns multissectoriais a nível de cada distrito, promoção da planificação multissectorial com os sectores de ASH e apoio às organizações da sociedade civil a participar nas plataformas para adoptar políticas de água, saneamento e higiene.

O projecto vai contribuir para um programa ambicioso do Governo visando aumentar as instalações de saneamento e duplicar o acesso rural à água potável até 2019 e está alinhado com o Programa Nacional de Abastecimento de Água e Saneamento Rural, conhecido como 'PRONASAR' (2017-30), sob alçada do Departamento de Abastecimento de Água e Saneamento, na Direcção Nacional de Abastecimento de Água e Saneamento (DNAAS).

Por meio do PRONASAR, a DNAAS estabeleceu uma estratégia para aumentar o acesso à ASH rural em todo o país e para construir capacidade institucional por meio de reformas em todo o sector. É financiado por vários doadores, incluindo o DFID. Porém, apesar dos progressos notáveis no âmbito do PRONASAR, continuam a existir desafios significativos ao aumento da cobertura rural de ASH em Moçambique. É nesse contexto que este projecto ajudará a resolver as seguintes lacunas:

Fraca capacidade e sistemas inadequados, a nível distrital, para planear e monitorar a prestação de serviços sustentáveis de ASH para as comunidades pobres, incluindo sistemas de informação e de gestão; fraca priorização para o saneamento e higiene e para a sustentabilidade do abastecimento de água (ênfase excessiva na construção de novas infraestruturas); atenção inadequada às preocupações de eqüidade e gênero.

Intervenções da WaterAid em Cuamba e Mecanhelas

A WaterAid trabalha em Niassa desde 1995, tendo sido a primeira Província, a nível nacional, a receber a representação da organização. Os Distritos de Cuamba e Mecanhelas sempre tiveram intervenções da WaterAid na componente de água, saneamento e higiene.

Em 2017, por exemplo, a WaterAid terminou um Projecto financiado pela Jersey Overseas Aid (JOA), atravês do qual cerca de cinco mil pessoas de quatro comunidades rurais, nomeadamente, Nhangataiane, Insaca, Bohola e Nauange, no Distrito de Mecanhelas, passaram a ter acesso à água graças a construção de um Sistema de Abastecimento de Água com pequenas bombas movidas a painéis solares, montado na Escola Primária Completa de Insaca.

Num Projecto de dois anos financiado pela Agência Internacional de Cooperação da Corea (Koica) e o Instituto Internacional de Vacinacão (IIV), em Cuamba, a WaterAid está a influenciar mudanças de comportamento nas práticas de higiene, tendo como objectivo minimizar o risco de epidemia evitável de cólera, incorporando medidas de água, saneamento e higiene nas intervenções de vacinação contra a cólera no Município e algumas zonas do Distrito de Cuamba, nomeadamente Etatara e Lúrio.

A fim de impulsionar a mudança de comportamento nas práticas de higiene, a WaterAid adoptou a abordagem ABCDE, que traduzido em português significa Pesquisar, Construir, Criar, Conceber/Executar e Avaliar. É uma abordagem promocional inovadora, envolvente, viável e sustentável, usada para influenciar a adopção de boas práticas de higiene.

A abordagem ABCDE é baseada em evidências e é centrada no comportamento humano. Funciona como um guia para uma intervenção sustentável de mudança de comportamento em higiene, pode ser dirigida e implementada por vários actores da comunidade. Inclui um pacote de informação e comunicação sobre práticas de higiene, utiliza pontos de contacto e potenciais oportunidades identificadas na pesquisa e respeita as normas sociais recomendadas, impulsionadoras de mudança de práticas de higiene.